19 de abril

¿17H30?
A Justiça é Racista?
debate .:. sala 2

A partir de casos judiciais que têm tido cobertura mediática e a par da análise de situações vividas no quotidiano, vamos responder às seguintes questões: A legislação portuguesa garante uma protecção eficaz contra o racismo e a xenofobia? Porque razão quem nasce em Portugal não é automaticamente português? As instituições são eficientes a combater a não discriminação no exercício de direitos por motivos baseados na raça, cor, nacionalidade ou origem étnica?

¿18H30?
arte X política X canal 180 
3 filmes 35’ .:. sala 3

Thoughts on Collectivism Uma reflexão sobre os direitos e políticas sociais, as suas exigências, comportamentos enquanto utilizadores de serviços e plataformas digitais e as inerentes questões de ética que se levantam quando somos produtos e produtores dos mesmos. Filmado durante o festival “TodaysArt” 2018, em Den Haag, Holanda.

Life beyond our screens Aqueles sete dias passados no 180 Creative Camp (Abrantes) na companhia de estranhos, que rapidamente se tornaram amigos, servem de reflexão para a importância do encontro pessoal. A internet é ótima, mas conversar sem teclar é muito melhor e partilhar emoções sem a ajuda de “emojis” continua a ser a melhor forma. Com a participação de Andrés Colmenares (Internet Age Media), Antonia Folguèra (Sónar +d), Chris Unwin (The Creator Class) e Jeff Hamada (Booooooom).

A new flag for Europe Baseado no depoimento de três participantes do encontro “What Else Europe” realizado em Antuérpia em 2017, e nas suas ideias sobre a Europa, as suas experiências criativas sobre viver e trabalhar na Europa e o seu envolvimento no “What Else Europe”. Com a presença na sessão de Thomas Mandl, fotógrafo e ativista organizador do “What Else Europe”

¿19H30?
Compositores exilados | Lopes-Graça, Hindemith
Solistas da Metropolitana .:. sala Manoel de Oliveira

Na relação entre o Aljube (Lisboa) e a prisão de Montluc (Lyon), tristemente célebre por ser um local de encarceramento e tortura da Gestapo, este quarteto de cordas, formado por quatro dos Solistas da Orquestra Metropolitana de Lisboa, apresenta um programa constituído por duas obras de compositores cujas vozes foram “abafadas” pelos respetivos regimes – o salazarista em Portugal e o nazi na Alemanha. No mês de junho, o mesmo Quarteto atuará na Prisão de Montluc interpretando obras de três outros compositores exilados.

¿21H30?
A morte de Estaline
Sessão oficial de abertura do festival
filme de Armando Iannuci antestreia em portugal 
parceria Cinemundo 1h46’ .:. sala Manoel de Oliveira

O filme do britânico Armando Iannucci, que relata de forma burlesca os conflitos entre o círculo próximo de Estaline após a sua morte, em Maio de 1953. A sua exibição foi proibida na Rússia.

¿todos
os dias
do festival?
Libertador dispensado
exposição .:. Nuno Bettencourt e Ruy Otero

Grândola RMX
vídeo-instalação .:. João Meirinhos