28 de Abril

10H30
ASSEMBLEIA DE BAIRRO NO PORTUGAL NOVO
Visita

Qual a sua história do Bairro do Portugal Novo e quais as reivindicações das populações?

Inscrição: festivalpolitica@gmail.com
Ponto de encontro: Porta Principal do Centro Comercial das Olaias.
Organização: Associação de Moradores do Bairro Portugal Novo – Paz, Amizade e Cores.

15H30
DESCOBRIR A EUROPA *
Workshop .:. Sala 2

Conhecer a História da Europa e das suas instituições de uma forma divertida. Dos 6 aos 10 anos.

Capacidade para 15 crianças mediante inscrição: festivalpolitica@gmail.com
Apresentado por Espaço Europa. Parceria: Serviço de Informação da Representação da Comissão Europeia e do Gabinete do Parlamento Europeu em Portugal.

15H30
O JOGO DA DEMOCRACIA EUROPEIA
Workshop .:. Sala Manoel Oliveira

Com Margarida Silva, do Corporate Europe Observatory Bruxelas é hoje a segunda capital mundial do lóbi. Estimativas apontam para mais de 30 mil pessoas que tentam influenciar a Comissão, Parlamento e Conselho, e grande maioria representa interesses empresariais. Nesta sessão vamos explorar o poder das multinacionais na política europeia, comparando-o com o poder do cidadão comum através de um jogo. Exploraremos o que é o lóbi, as estratégias usadas e acima de tudo como combater a captura do processo político da UE pelas grandes empresas.

15H30
SESSÃO FRONTEIRAS
Cinema .:. Sala 3 / m12

3 filmes

Haram-Forbidden / Áustria, 11’ de Mahir Yildi. A história real de um jovem que foi preso por fundamentalistas no seu país por estar a fumar. Depois de fugir para a Europa depara-se num abrigo para refugiados com o homem que o torturou na prisão. Venceu o Austrian Youth Peace Prize.

The Pianist of Yarmouk / Reino Unido, 13’ de Vikram Ahluwalia. A história real de Aeham Ahmad, um pianista de música clássica, que ficou internacionalmente
conhecido quando, em 2014, foi filmado a tocar piano num campo de refugiados. Teve de deixar a sua cidade natal, Yarmouk, onde tocava piano para as crianças em plena guerra. Onde está agora?

Are you Volleyball / Irão, 15’ de Mohammad Bakhshi. Um grupo de refugiados de um país árabe quer atravessar a fronteira para entrar num país de língua inglesa. Os conflitos com os soldados na fronteira são constantes. Até que um dia, repentinamente, tudo muda. Premiado em festivais nos Estados Unidos, Irão, Itália, Grécia e China.

16H30
AS ESTRATÉGIAS DIGITAIS COMO FATORES DE DECISÃO DE VOTO: AMEAÇA À DEMOCRACIA OU ESTÍMULO À PARTICIPAÇÃO POLÍTICA? *
Talk .:. Sala 2

Com Sérgio Denicoli, investigador da Universidade do Minho e sócio-diretor da AP Exata Digital influencers, monitorização de redes, análise de big data, machine learning. O crescimento do peso dos sistemas tecnológicos sobre o agendamento do debate político e o rompimento das narrativas hierárquicas da imprensa sobre os processos democráticos têm colocado em causa a legitimidade dos sufrágios eleitorais. Processos de difusão de fake news e doutrinação política, por meio de militância digital, deixam a verticalização da difusão de informações propiciada pela Internet sob suspeita.

16H30
SESSÃO CORPOS POLÍTICOS
Cinema .:. Sala 3 / m18

5 filmes

Company B / Irlanda, 5’ de Tess Motherway. A Company B trabalha a dança contemporânea junto de rapazes jovens, num país onde estes têm sido uma minoria na dança. Pretendem criar um espaço seguro para que os rapazes possam expressar-se pelo movimento e dança. Neste documentário falam dos desafios que enfrentam, enquanto rapazes que dançam, revelam os obstáculos, o que sentem e porque adoram dançar.

The Grey Area / Reino Unido, 4’ de Katie Clark. A realizadora usa animação 2D e a dobragem para abordar uma experiência pessoal de assédio sexual. É desta forma que coloca questões a si e à audiência sobre o que aconteceu naquela noite.

9023 / Grécia, 7 de Sotiris Petridis e Tania Nanavraki. Nesta alegoria à crise económica que vivemos, a história conduz–nos por um mundo onde, em resposta à fome generalizada, o governo permite que os cidadãos não produtivos possam ser comidos.

The Guest / Turquia, 10 de Mahmut Duyan. Miriam emigrou da Síria enquanto refugiada e foi forçada a viver uma vida de prostituição na Turquia para sobreviver.

Prisoner of Society / Geórgia, 15’ de Rati Tsiteladze. Esta é uma viagem íntima ao mundo e cabeça de uma mulher transexual, prisioneira entre o seu desejo de liberdade e as expectativas dos seus pais e da sociedade onde se insere. Foi o primeiro documentário georgiano a ser nomeado para os European Film Academy Awards.

17H30
AJUDAR A TRANSFORMAR A EUROPA *
Debate e Workshop .:. Sala 2

Encontro entre os cidadãos e ativistas que querem ter impacto no projeto europeu. Os seus projetos, ideias, iniciativas e até livros que querem ajudar a transformar a Europa.

18H00
SARA / ESPANHA, 66’ DE EVA CRUELLS LOPEZ
Cinema .:. Sala Manoel de Oliveira / m12

Sara é uma jovem cigana do Bairro La Mina de Barcelona que decide centrar um trabalho de investigação da escola secundária na origem da perseguição e da repressão da população cigana, nomeadamente durante a guerra civil e o franquismo. O que descobre muda profundamente a sua visão do mundo e cria-lhe uma consciência da necessidade de transformar as estruturas ancestrais que condenam os ciganos como um povo. Eleito Melhor Documentário pelo Consejo Audiovisual de Cataluña.

* Com tradução para Língua Gestual Portuguesa