Festival Politica

5 artistas contra a abstenção

 

 

Foi no dia 25 de Abril de 1975 que o sufrágio português ganhou outra dimensão. As pessoas consideravam que fazia sentido participar. Passado um ano da Revolução, nas primeiras eleições livres da democracia moderna do país, dos 6,2 milhões de eleitores recenseados, praticamente 92 por cento
votaram. Nunca mais houve uma participação tão elevada.

Hoje deparamo-nos com o torpor, com o desinteresse, com a abstenção e a falta de participação da sociedade em muitos aspectos da polis. Assim, a dimensão artística do Festival Política passa pelo tema central: a abstenção. Convidamos cinco autores a conceber cada um, uma peça serigráfica com edição de 25 exemplares e prova de autor, sobre a abstenção na vida política portuguesa. As obras terão o formato de 50×70, impressas a duas cores, recriando o espírito de cartaz de intervenção. As peças estarão disponíveis para venda ao público no Cinema São Jorge, na tarde do dia 22 de Abril.

Procurámos artistas que tivessem abordagens diferentes, políticas ou não políticas. Assim, Alberto Faria, André da Loba, Carolina Maria, ± (Miguel Januário) e Sara Maia aceitaram o convite para este projecto, onde 25 destas peças serão impressas no local do evento, assumindo esta exposição uma contagem, de 0 a 25, criando um momento performático.

Fica a conhecer as obras aqui

Festival política 2020 © All rights reserved.