Festival Politica

Filme do Ano: “Todos nós moramos na rua”

Os espectadores do Festival Política – Lisboa foram chamados a escolher o melhor filme, de um lote de 14 filmes, que partiam de geografias tão díspares como Portugal, Brasil, Argentina ou Ilhas Salomão.

Em 2020, o Prémio Festival Política de Filme do Ano distingue assim o filme “Todos nós moramos na rua”, do cineasta brasileiro Marcus Antonius Melo.

Este é um documentário sobre pessoas sem abrigo do centro da cidade de Fortaleza, no Brasil. O filme desacelera das turbulências diárias para ouvir os moradores, saber quem são, de onde vêm, o que pensam, reflectindo sobre suas experiências, desejos, conflitos e leituras da situação de rua. Num trajecto que parte do poema “Estouro Brasil” de Wagner Gonçalves (ex-sem abrigo e educador social), o realizador Marcus Antonius Melo constrói-se uma narrativa a partir de entrevistas com três moradores de rua, três perfis que quebram uma visão hegemónica da sociedade para com a sua situação. Esse exercício de diálogo pretende levar a entender e conhecer melhor essas pessoas, sem a pretensão de dar conta de toda experiência plural, diversa e crítica vivida por milhares de moradores em situação de rua do Brasil.

Formado pela Universidade Federal do Ceará – Brasil, mestrando em Desenvolvimento de Projeto Cinematográfico pela Escola Superior de Teatro e Cinema, Marcus Antonius Melo é realizador, guionista e produtor.

O Festival Política 2020 segue para Braga nos dias 15, 16 e 17 de Outubro, onde terá lugar no Centro de Juventude.

Festival política 2020 © All rights reserved.