Festival Politica

Programação 24 de abril — sábado

O Festival Política regressa, de 22 a 25 de Abril, ao Cinema São Jorge, tendo as Fronteiras como tema central. Serão quatro dias de cinema, performances, música, exposições e debates centrados nas fronteiras políticas, mas também nas divisões e clivagens que fomentam a discriminação, o racismo, a intolerância e o desrespeito pelos direitos humanos. É esta a programação para dia 24 de abril.

 

11h Carlos Pereira – humor
Sala Manoel de Oliveira – com tradução para Língua Gestual Portuguesa
Humor, discriminações e direitos humanos, com Carlos Pereira.

11h30 Sessão de Cinema – Fronteiras 2
Sala 3 – legendado em português
“Go On”, de Majid Asghari, 1′- Irão
Ela só quer dançar, mas eles não deixam, porque ela é uma menina.

“Uno de Nosotros”, de Facundo Sosa Ferreira, 1′ – Uruguai
Imigrantes são interrogados. É a sua deportação que está em jogo.

“The Angel of History”, de Eric Esser, 10′ – Alemanha, França e Espanha
Uma fronteira com a Europa. Uma pintura de Paul Klee. Um poema de Walter Benjamin. Um filme sobre ontem e hoje, e como é difícil reconhecer um atrás do outro.

“Dos Mundos”, de Iván Fernández de Córdoba, 11’ – Espanha
O Oeste e o Leste olham-se ao espelho.

“Libertà”, de Savino Carbone, 30’ – Itália
Bari, 2019. O que significa ser livre? Dois imigrantes homossexuais falam sobre a sua condição de requerentes de asilo. Enquanto isso, os efeitos das políticas de migração do novo governo tornam a sua situação cada vez mais difícil.
Sala 3


17h Arte, ativismo e ação – debate
online – com tradução para Língua Gestual Portuguesa
Uma conversa sobre o papel da comunidade artística e criativa em derrubar fronteiras e preconceitos e sobre a cultura como agente de transformação. Participam Emanuela Kalemba Nsangu (residente na Quinta do Mocho, onde desenvolveu o projecto Kallema em que jovens que fazem as visitas guiadas ao bairro da Quinta do Mocho, dando a conhecer o bairro e as 112 obras de arte urbana) e Otávio Raposo (doutorado em Antropologia e realizador de “Na Quinta com Kally” (2019), vencedor do Prémio APA na categoria filme etnográfico). Moderação: André Soares (antropólogo e jornalista).

18h30 O que é a Democracia e como posso participar?
workshop online – necessária inscrição prévia
Esta sessão explora os mecanismos de participação na vida pública: petições, processo legislativo, contacto com os partidos e grupos parlamentares, Provedoria de Justiça, entre outras. Com Carla Luís (VotedHR – Eleições, Democracia e Direitos Humanos/CES – Universidade de Coimbra). Necessária inscrição prévia através do e-mail: participa.politica@gmail.com. Caso necessites de tradutor de Língua Gestual Portuguesa informa-nos no momento da inscrição.


Ao longo do dia nas plataformas digitais do Festival Política

“Maria Cobra Preta”, de Erika Nieva da Cunha, 27’ – Portugal e São Tomé e Príncipe. Legendado em português

Num bairro de Lisboa agastado pela gentrificação, Maria, uma jovem rapper, e os seus antigos vizinhos aguardam pela expulsão. Através de suas canções, ela encontra forças para enfrentar o presente. Vê o filme aqui. 

“Aufbruch In Belarus”, 35’ – Alemanha, 2020. Legendado em português

Bielorrússia em estado de emergência. Na última ditadura da Europa, a população civil luta por sua liberdade. O documentário do canal Arte acompanha jovens ativistas na corrida para as eleições presidenciais. Parceria: Parlamento Europeu – Gabinete em Portugal. Vê o filme aqui.

 

Acessibilidades: O Festival Política está a trabalhar a sua acessibilidade e tem um compromisso assumido com a inclusão. Encontras aqui a disponível informação completa sobre acessibilidade física do espaço, reserva de bilhetes e programação com Língua Gestual Portuguesa. Todas as sessões de cinema estão legendadas em português – incluindo as de língua portuguesa.

Bilhetes: Entrada gratuita. Necessário levantar bilhete no próprio dia. Horário da bilheteira: quinta e sexta-feira das 13h até ao início da última sessão, sábado e domingo das 10h até ao início da última sessão. 

Horários: Após o início da sessão não será possível entrar nas salas.

Consulta aqui a programação do festival para os quatro dias (PDF)

Conceito Festival Política: Associação Isonomia.

Co-produção: Câmara Municipal de Lisboa, EGEAC, Cinema São Jorge, Produtores Associados.

Parceiros: Câmara Municipal de Braga, InvestBraga, Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto, Instituto Português do Desporto e Juventude, Parlamento Europeu – Gabinete em Portugal, Secretaria de Estado da Cidadania e Igualdade, Comissão Nacional de Eleições.

Media Partners: RTP e Antena 1.

Criatividade: FCB e Bro.

Apoios: Dimensão Parlamentar da Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia, Instituto Cervantes, CVI – Centro de Vida Independente, Associação Portuguesa de Surdos, Comissão Nacional de Juventude Surda, Rádio Universitária do Minho e Profitecla.